18 de dez de 2010

Guiné- Missionário Batista é morto em ritual

Johnson cita, pelo menos, duas notícias do serviço africano que afirmam que o presidente da Guiné enviou soldados à prisão para oferecer Michel Loua como um sacrifício humano e reforçar a liderança do presidente. Ele escreve que segundo a crença muçulmana do país, era necessário matar um infiel (não muçulmano) para garantir o sucesso da nova liderança. Michel foi torturado, baleado no coração e seu corpo mutilado.

O pastor Michel Loua, 47, nascido em Jacksonville, Texas, foi executado no domingo à noite, 14 de novembro em uma prisão em Guiné, oeste da África. Líderes da igreja chamam sua morte de mártir moderno nesse país de predominância islâmica (85%).

Um novo mártir - De acordo com o artigo de Charles Johnson no jornal Gilmer Mirror, Michel e sua família vieram dos Estados Unidos há quatro anos para participar de um seminário em preparação de evangelizar sua terra natal. Johnson diz que Michel era graduado em Seminário Teológico na Associação Missionária Batista (tradução livre, AMB) em Jacksonville. Ele foi o primeiro a conseguir tal nível de escolaridade em teologia em Guiné.

Michel fez pelo menos quatro viagens de volta à Guiné para verificar as condições da igreja e fazer as preparações para retornar à terra natal com sua família.

Em uma dessas viagens, ele construiu uma casa com quartos para hospedar e ensinar obreiros locais no trabalho de divulgação.

Johnson relata que o pastor não era um estranho no distrito de Upshur. Ele e sua família ingressaram na Igreja Batista Rosewood em dezembro de 2008 onde pregou várias vezes e contribuiu para um avivamento no início de 2008.

O cristão voltou à Guiné pela última vez em junho desse ano. Aparentemente se envolveu na campanha das eleições presidenciais que aconteceriam uma semana antes de sua execução. Havia várias lutas, especialmente entre grupos islâmicos e cristãos. Ele ficou preso por três semanas na prisão da capital da Guiné.

Johnson cita, pelo menos, duas notícias do serviço africano que afirmam que o presidente da Guiné enviou soldados à prisão para oferecer Michel Loua como um sacrifício humano e reforçar a liderança do presidente. Ele escreve que segundo a crença muçulmana do país, era necessário matar um infiel (não muçulmano) para garantir o sucesso da nova liderança. Michel foi torturado, baleado no coração e seu corpo mutilado. Johnson acrescenta que Michel nasceu e foi criado como muçulmano. Ele se converteu a Cristo aos 22 anos. Depois de aceitar Jesus Cristo como seu Salvador, enfrentou perseguição imediata de sua própria família. Sua cabeça tinha uma cicatriz profunda de um apedrejamento inicial de parentes depois de sua conversão. Houve inúmeras ameaças de morte ao pastor desde 1985.

Foi fundamental Michel ter iniciado a evangelização de muçulmanos na Guiné para ajudar a estabelecer pelo menos uma dezena de igrejas em seu país. Mesmo antes de possuir uma Bíblia, ele levou concidadãos para Cristo usando versos do Corão, que falava de Jesus.

A família - Os sobreviventes da família Loua incluem sua esposa Elisabeth, com quem era casado há 15 anos, um filho, Joal, 14, duas filhas: Débora, 12, e Maria, de 4 anos. Elisabeth também está esperando o nascimento de seu quarto filho em cerca de três semanas que deve ser chamar Michel.

Um culto em memória de Michel Loua foi realizado terça-feira, 23 de novembro, na Igreja Batista Woodland Heights em Jacksonville, onde várias pessoas da região estavam presentes. Pelo menos dois fundos foram criados para ajudar a ajudar a família Loua.

Fonte: The Gilmer Mirror e ASSIST News Service

Publicado em Portas Abertas

Tradução: Yara Ferreira

Receba nossas atualizações:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem-vindo(a) e obrigada por deixar comentários relevantes e por não postar como anônimo. Não publicarei comentários anônimos ou que contenham palavras depreciativas. Volte sempre para conferir as novas publicações do Blog! Visite também as postagens antigas (na barra lateral do Blog ou clicando no final da página em POSTAGENS MAIS ANTIGAS). Seja abençoado! Um abraço!

Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei? E quem há de ir por nós?

Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei? E quem há de ir por nós?
Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim." (Is 6.8)

Marcadores do Blog. Clique e leia os Artigos relacionados a cada tema.

A Bíblia para os povos A Missão da Igreja Ação Social da Igreja AMME Evangelizar Aplicativos para celular Aplicativos para Smartphone Aplicativos para Tablet Apoio aos Missionários sertanejos Campo Missionário Transcultural Carta Missionária comodismo compaixão compaixão pelas almas compaixão significado compromisso com Deus Congressos cristãos perseguidos Cuidado pastoral do Missionário Cultura da Bolívia cultura e práticas diabólicas Curiosidades Bíblicas Curso de Missões Urbanas definição de compaixão Dia da Bíblia Dia da Igreja perseguida Discipulado DNA Missions DOM- Departamento de Orientação Missionária Download de Slide de Missões é preciso olhar como Deus olha entrevista Equipe WDA Estados Unidos Eritreia Estratégias de Evangelismo etnocentrismo. Evangelho Evangelho de Jesus Evangelho Integral Evangelismo evangelização evangelização no Brasil Feliz Natal Compaixão pelas almas Ficha de apadrinhamento do Projeto Nova Vida fidelidade na pregação fidelidade no ministério frieza espiritual Gincana Missionária Guiné- Bissau Igreja Igreja e Missões Igreja local e missões Igreja Missionária Igreja perseguida imagens do Projeto Bolívia Informação Intercessão Missionária Investimento em Missões Janela 10X40 Jogral Jogral de Missões Jogral de Natal Jogral para Culto de Missões Jogral sobre a Volta de Jesus Cristo Kit Gay Lei da Mordaça Leis que tramitam no Congresso contra a igreja Levantamento de Recursos para Missões Liberdade de expressão da Igreja mantenedores de Missões Miss. Adriana Urban Missão da Igreja Missão e humildade Missão Integral Missio Blogs Missionária Missionária Tatiana Moura Missionários Missões Missões entre o povo Konkombas Missões entre os índios Missões na África Missões na Bolívia Missões na Espanha Missões no Brasil Missões no País de Gales Missões no Rio Grande do Norte Missões no sertão Missões no Sul da Espanha Missões Transculturais Missões Urbanas Natal New Life Project in Bolivia Notícias do Campo missionário na Bolívia Notícias do Campo Missionário na Espanha Notícias do Campo na Bolívia Notícias Missionárias Notícias Missionárias do Uzbequistão O crescimento do Islamismo no mundo O Evangelho contextualizado o que é compaixão? o que é sincretismo o retorno ao Evangelho da Cruz Obra Missionária omissão Oração e ação Oração e Missões Padre se converte ao Evangelho na cidade de Sousa Países onde há perseguição aos cristãos Pastor Zapatta perfil Missionário PL 122/2006 Portas Abertas Pr. Ronaldo Lidório Pr. Sidney Xaxá Pregação Projeto África Projeto Bolívia Projeto Bolívia 2010 Projeto de Lei de Marta Suplicy Projeto Janela 10/40 Projeto Missionário Projeto Missionário Transcultural Projeto Nova Vida Projeto Nova Vida na Bolívia Proyecto Nueva vida recursos para conferência missionária recursos para culto de missões Recursos para Missões reflexão missionária Reflexões sobre Missões Reflexões sobre o Natal Responsabilidade social da Igreja Ronaldo Lidório segmentos menos evangelizados sincretismo sincretismo afro-brasileiro Slide de Missões sobre o Brasil Slide de Missões-Brasil Slides de Missões soldado de Cristo STEC João Pessoa testemunho cristão Trabalho evangelístico com jovens adolescentes e crianças Tradução da Bíblia Tribos Urbanas verdadeiro Evangelho de Jesus Vídeo Aline Barros Vem que está chegando o Natal Vídeo sobre o Crescimento do Islamismo no mundo ocidental Vídeo Voices Natal VINACC Visão Nacional da Consciência cristã Visão 2025 Visão Missionária visto para missionário Zapatta Piura-Perú