19 de abr de 2010

Missões na Bolívia- Trabalho com Jovens, adolescentes e crianças

Os Missionários Wellington e Eliel em La Paz na ocasião de uma eliminatória entre Brasil e Bolívia. Nesta época, o Miss. Eliel ainda estava em La Paz e os dois se encontraram lá para assistir (Brasil não ganhou, mas tudo bem...Rsrsrs... )
O trabalho de Missões da nossa igreja na Bolívia desde antes (teve o seu início em Abril/2009)e agora pós-Projeto, tem progredido, para a glória de Deus. O Missionário Wellington Lopes, além de contar com o apoio da sua família, a irmã Lourdes e suas filhas Lais e Lauane, e com o apoio à distância da Igreja, do DEM, do DOM e da ALIANÇA, enfim, de todos aqueles que estão daqui orando e "segurando as cordas"; agora pode contar também com mais um reforço para o desenvolvimento do trabalho  do Senhor. O Missionário Eliel Cesar, que estava trabalhando no campo da Assembleia de Deus em La Paz, está agora cooperando com o campo em Cochabamba., onde tem sido usado por Deus de forma maravilhosa no trabalho com as crianças e adolescentes. Logo abaixo, trago uma carta do Missionário Eliel, que por sinal, é muito importante, pois nos leva a refletir melhor acerca da nossa visão sobre o que é o trabalho com crianças e  ainda acerca de qual tem sido o nosso investimento  para  a realização deste trabalho em nossos campos e igrejas, seja orando ou contribuindo financeiramente. Uma 
coisa que eu percebo é que muitas vezes poderíamos até nos esforçar mais e investir mais, dando mais condições para que os professores de EBD infantil tenham mais recursos para desenvolver um  melhor trabalho. Se faz necessário que as igrejas invistam mais para que estes professores ou mesmo aqueles que almejam trabalhar com crianças na Igreja, tenham acesso a Cursos e reciclagem e intercâmbios para troca de ideias e compartilhamento de materiais entre si. Há também aqui algumas fotos do trabalho que Eliel vem desenvolvendo em Cochabamba juntamente com o casal de Missionários Wellington e Lourdes.
Toda a atenção voltada para as coisas de  Deus

Peça teatral. Atuando: Miss. Eliel e Miss. Lourdes (esposa do irmão Wellington
Momento de Louvor e adoração ao Senhor
Talentos à disposição de Deus

 CONTEÚDO DA CARTA DO MISS. ELIEL CESAR


Desde sempre o ministério com crianças e adolescentes me fascinou. Na igreja onde cresci tive a oportunidade de participar, organizar e liderar ministérios entre grupos nessa faixa etária. Naquela época o chamado "ministério infantil" ainda era para muitas pessoas uma "perda de tempo", uma maneira de manter os "pirralhos" ocupados. Lembro com saudades de reunioes nas segundas-feiras com um grupo de 9 adolescentes onde estudávamos a Bíblia e tratávamos questoes sobre o universo teen. Anos depois pudemos organizar o departamento de adolescentes e daí foram acampamentos, retiros, congressos e nao paramos mais...

Boa parte dessa turma já está casada e com filhos (o tempo voa!!!), mas algo me chama atençao mesmo depois de todo esse tempo: os resultados desse trabalho. Hoje vejo que a maioria dessas "nossas crianças e adolescentes" está envolvida de alguma forma no trabalho do Senhor!!! Desse grupo sairam professores de escola bíblica, cantores, músicos, pastores e missionários. Outros que nao estao à frente de trabalhos na igreja, se tornaram profissionais e atuam em suas áreas dando verdadeiro testemunho cristao. Infelizmente nem todos permaneceram nos caminhos do Senhor, mesmo assim quando nos encontramos lembramos com saudades daquele tempo e invariavelmente todos dizem: "aquela época ainda faz diferença nas nossas vidas".

Desde que cheguei à Bolívia, tenho me deparado com oportunidades de trabalhar com crianças e adolescentes. Isso aconteceu em La Paz e está se repetindo em Cochabamba. Semanalmente tenho ido a um projeto com crianças carentes do bairro onde vivo e, juntamente com o Pr. Wellington, tenho compartilhado acerca da Palavra de Deus com os 150 alunos inscritos. Há também um orfanato para meninas onde vivem 31 internas e fomos convidados a, duas vezes por mês, fazer um trabalho de evangelismo, discipulado e aconselhamento.

Hoje olho para esses adolescentes com mais expectativas do que olhava para aqueles de anos anteriores. Creio que o resultado que pude ver na vida daqueles me fazem "sonhar mais alto" em relaçao a esses. Já vi os efeitos da Palavra quando é semeada em boa terra. Hoje posso estar diante de futuros pastores, missionários, líderes, políticos, profissionais liberais. Nao posso imaginar o impacto que poderao gerar na sociedade onde estarao inseridas, mas sei que isso irá ocorrer...
 

Infelizmente, ainda há quem olhe para o ministério de evangelismo de crianças e adolescentes como algo "sem muito futuro", mas isso é um grande equívoco. O mundo islâmico sabe o quanto vale a pena investir em crianças, o tráfico de drogas nos morros cariocas arregimenta meninos e meninas que sequer entraram na puberdade, a pedofilia tem roubado a infância de crianças em várias partes do mundo e na Bolívia os números sao alarmantes.

O que hoje nos parece irrelevante e digno de pouca atençao, amanha poderá fazer diferença na vida de muitos. Que Deus nos dê a mesma visao de Jesus acerca do valor da criança e do adolescente, nao minimizando sua importância ou reservando-lhes um papel de coadjuvantes. E que priorizemos o discipulado de crianças e adolescentes conforme escreveu Salomao: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, nao se desviará dele." Pv. 22:6.

Particularmente, louvo a Deus pela vida de pessoas que investiram na minha vida nos anos de infância e puberdade, meus pais, professores de escolas bíblicas (EBD e EBF), monitores de acampamento, pastores, missionários, conselheiros, crentes em geral... Pessoas que foram (e sao) exemplo para minha vida. Pessoas que enxergaram relevancia onde tudo aparentava ser irrelevante. Meu desejo é ser usado pelo Senhor para abençoar vidas, como essas vidas foram usadas para abençoar-me. Sobre nosso trabalho aqui, estou seguro de que é um campo fértil onde como fomos chamados a plantar e regar mas do Senhor virá o crescimento.

Agradeço o apoio demonstrado nas mais variadas formas: intercessao, contribuiçao, palavras de incentivo, divulgaçao, etc. Que o Senhor continue a nos dar oportunidades e que sejamos sábios em aproveitá-las.

No amor de Cristo,
Eliel Cesar

13 de abr de 2010

Pastor Jair Silva fala do que viu na tragédia que se abateu em Niterói-RJ



Esta notícia é do ano de 2010, porém segue aqui o link acerca da nova catástrofe que se abateu sobre a Região Serrana do Rio nestes dias em 2011. Leia e saiba como ajudar as vítimas que sobreviveram
Chuvas no Rio- A catástrofe se repete, e o número de mortos já ultrapassa 553



No sábado fui ao Fonseca, Niterói e em Novo México, São Gonçalo. Já da ponte, ao se aproximar de Niterói, já dava para ver locais de desmoronamento. Em Niterói trânsito lento por kilômetros. No Morro da Caixa d'Água a população se manifestava pois desde terça estavam sem luz e assistência. Muito demoronamento, casas, ou parte delas, penduradas nos altos dos morros. Novo México, está em situação crítica e carece de sua ajuda. Eu e Alminha (esposa) contribuimos com os voluntários da Igreja Congregacional em Baldeador e pude abraçar gente querida que foram salvas por questões de segundos. Mas houve muitas mortes e destruição no bairro. O povo estava em estado de choque. Como combinadado com a direção da escola, estive no domingo, 11/04 na escola Paulo Freire, Niterói e pude dar a minha ajuda. As diretoras Cristina e Jadinéia, a merendeira Liliane, funcionários da Clin: Cátia, Ana Paula, Laura e Lindomar. Pais voluntários do Coconselho de Pais e Escola aberta aestavam lá. Uma ex professora, a professora Christiane e uma amiga. Nos dias anteriores outros professores e funcionários já tinham estado lá. Tudo da iniciativa civil e voluntária!!! Foi triste ver alunos, familiares e pessoas da comunidade feridos , bem como ouvir suas histórias como a da família que perdeu um filho, o aluno que perdeu seus avós e tio, a senhora que viu seu casal de filhos serem soterrados, mas que foram salvos por parentes e vizinhos, do senhor que foi retirado da lama na altura do peito, foi para o hospital na terça e foi liberado com a perna quebrada que só foi engessada na quinta! Fui com o Seu Lindomar, funcionário da escola que está desde terça feira para vermos o Morro 340 (não tem mais ninguém trabalhando lá, mas há vitimas não encontradas). Fomos no morro do Bumba. A visão é dantesca, terrível. Parece que uma bomba devastou o lugar. O Odor forte, a montanha de lixo, as casas destruídas, as pessoas desoladas. Mas vi tb esperança: O grupo do exército da salvação cuidando dos profissionais, casas particulares e igrejas, e escolas alojando desabrigados, muita gente levando doações: não são os grandes não, é o povo mesmo. A sociedade niteroiense e de todo Rio e Brasil se mobilizou. Vi também, infelizmente a demagogia dos políticos. O governador foi vaiado quando chegou ao Bumba para anunciar desapropriações e verbas para !aluguel social". Voltei para casa emocionalmente cansado, porém certo de que dei minha contribuição que continuará esta semana. Se desejar ser voluntário é so contactar.

Segue o relato da Profª kelly que esteve na escola hoje, 13/04. Concordo com ela, sobretudo, na omissão do poder público. Ainda bem que o prefeito do Rio no primeiro momento pediu aos cidadãos para ficarem em casa para as autoridades e serviços poderem trabalhar. Em Niterói parece que foram as autoridades que ficaram em casa, mas graças a Deus os cidadãos foram para as ruas e estão fazendo um belo, altruísta e caridoso trabalho! Segue a fala da professora: "Hoje estive na E.M. Paulo Freire, onde trabalho em Niterói, e a situação lá é pior do que a que eu pensava. Já passam de 200 pessoas alojadas , e não para de chegar gente lá, nosso pessoal está sozinho, sem apoio de prefeitura, não há assistente social, psicólogo ou seja qualquer autoridade pelo menos para ver o estado em que a escola se encontra e para dar um destino a essas famílias. Me doeu muito quando uma das minhas alunas de apenas 7 anos me abraçou, perguntou se estava tudo bem e me disse que seu irmãozinho de 2 anos haviado morrido no São José. Isso é uma realidade constante lá. Até agora, sabemos da morte de 2 alunos confirmados. Para piorar a situação, a carne da merenda que estava sendo usada para a alimentação foi cortada pela prefeitura, que não deu outra alternativa, a não ser doação. Além de carne (salsicha, frango, carne-seca), estamos precisando de farinha láctea. Estou querendo arrecadar brinquedos, mas só posso distribuir quando tiver quantitativo para todos. São em torno de 60 crianças ou mais. Nos ajudem no que for preciso!!! Mas não esqueçam também de olhar por São Gonçalo que está esquecida pela mídia e pelas autoridades. Há muitas escolas em que os desabrigados ainda não receberam nem a visita da Defesa Civil. O caos está instalado! Mas cabe a nós, homens e mulheres de Deus, fazermos a nossa parte."


Depois de ter lido tudo isso. O que você sente? O que você gostaria de falar sobre isso? Deixe o seu comentário logo abaixo. Precisamos nos posicionar diante de tanta omissão!


NÚMERO DA CONTA PARA CONTRIBUIR COM OFERTA PARA OS DESALOJADOS:





BANCO BRADESCO
Agência 04367-7

Conta Corrente 436642-5

em nome de União das Igrejas Evangélicas Congregacionais.


OBSERVAÇÃO: Se possível, façam depósito identificado.



9 de abr de 2010

Carta enviada ao Pastor Sidney Xaxá- A.O.S.e Confins

O pr. Sidney Xaxá trabalha no Apoio aos obreiros sertanejos e recebeu a seguinte carta via E-mail:
Segue abaixo a cópia de um EMAIL acerca dos feitos poderosos de Deus através de PARCEIROS como estes aqui relacionados.
Divulguem estes FEITOS. Pois MUITOS internautas DIVULGAM a vergonha dos resultados PODRES do BBB 10. Faça a sua parte divulgando os FEITOS DE DEUS através de homens valorosos os quais se dispõem em Suas mãos. Olá Pr. Sidney, paz!
(Segue abaixo texto que enviei aos demais irmãos da JUVEP)
"Somos gratos a Deus por pessoas como vocês, que tornam o Evangelho tangível... Verdade! Vemos Cristo em vocês e que de fato Ele vive e reina!
Por gente assim é que entendemos perfeitamente o que é Igreja - nossas pernas em direção aos não alcançados do sertão. Como andaríamos sem elas?
Deus nos abençoou sobremaneira agora em março, basta dizer que começamos com a realização PES (Programa de Evangelização do Sertão) plantando uma Igreja Presbiteriana em Correntes - PE, pelo meio estivemos na Igreja Batista do Pinheiro em Maceió, no Sítio Serrote dos Bois - PE, no Congresso da SAF (Sociedade Auxiliadora Feminina), na I Igreja Batista Cidade Universitária do Recife, e finalizamos nossa caminhada indo ao Som do Céu (o SDC dispensa comentários, um lugar maravilhoso!). Lá em Belo Horizonte, passamos ainda pela Oitava Presbiteriana, na Igreja Batista Renovada e pelo acampamento da Igreja Metodista Congregacional... Isso mesmo, dois acampamentos e duas Igrejas em quatro dias! Bom demais.
Bill Crente esteve São Paulo (Igreja Presbiteriana de Alphaville) em Londrina e Maringá.
Pr. Silvany (Sal da Terra - RN) trabalhou incansavelmente em nossa base lá no sertão do Seridó, pregando o Evangelho e discipulando.
Batata e Jô, (Sal da Terra - DF) com fé e bravura, têm trabalhado implantando os primeiros eventos evangelísticos lá na região centro-oeste brasileira.
Robério contador de causos, Renatinho de Jesus, Laércio Lins, da mesma forma não pararam, promovendo e cumprindo a Missão na Seara Sertaneja.
A Deus todo louvor! A vocês nosso agradecimento.
Um grande abraço,
Marcos - sal da terra"



Poderá lhe interessar também:

Missões no sertão nordestino- Relatório Anual de visitas do Pr. Sidney Xaxá

8 de abr de 2010

Chuvas no Rio- SOS- Campanha da UIECB em prol dos desalojados

INFORMAÇÕES DA CAMPANHA



Este artigo refere-se à tragédia de 2010, siga este novo link e vá para as notícias atuais sobre a catátrofe em 2011 e as informações de como ajudar, e onde estão localizados os postos de arrecadação:

  • Para ajudar em 2011 ligue - 21-2223-1458

Falar com o Secretário Executivo Pr. Washington Mello

  • A IEC de Teresópolis (Pr. Eduardo Itaboray) está recebendo donativos.

Endereço: Rua São Francisco, 760 - Alto de Fátima – Teresópolis - RJ.- CEP. 25.958-000





Artigo de 2010:

As igrejas Congregacionais estão se mobilizando para ajudar. As IECsde Caramujo e Baldeador estão recebendo desalojados. Muitos irmãos tiveram suas casas atingidas. Houve perda de vidas em algumas delas. A IEC de Icaraí teve três de suas crianças da EBD falecidas. Em jardim Maravilha, Campo Grande, várias famílias estão desalojadas. Há igrejas em São Gonçalo em situação crítica.

S.O.S. CONGREGACIONAIS
Estamos arrecadando DOAÇÕES para os atingidos pela chuvas em nossa cidade e região metropolitana.
PRIORIDADES:
Colchonetes - Cobertores - Lençóis - Roupas - Água Mineral entre outras....


POSTOS DE COLETA:
IEC de Agronomia - Rua Isidro Borges, 121 - Centro - Seropédica - RJ.
IEC de Alcântara - Rua Manoel José Gonçalves, 54 - Alcântara - São Gonçalo - RJ.
IEC Campograndense - Rua Campo Grande, 1460 - Campo Grande - Rio de Janeiro - RJ.
IEC de Coroa Grande - Rua Ver. Levindo Silva, 46 - Coroa Grande - Itaguaí - RJ
Mais informações: www.uiecb.com.br
Pelo E-mail: pastorjairsilva@hotmail.com





O número da conta para doações é:


BANCO BRADESCO Agência 04367-7

Conta Corrente 436642-5

em nome de União das Igrejas Evangélicas Congregacionais.

OBSERVAÇÃO: Se possível, façam depósito identificado.



"É hora de pôr a nossa fé em ação através das boas obras de amor"




UIECB- União das Igrejas Evangélicas Congregacionais do Brasil

4 de abr de 2010

Projeto Bolívia 2010- Sonho em contínua realização

Deus é Fiel nos seus propósitos e agindo Ele, quem impedirá?

Tive o grande privilégio dado por Deus de ter participado do Projeto Missionário Transcultural "Projeto Bolívia 2010". Desde que havia ouvido falar do Projeto, ardeu em meu coração o desejo de fazer parte, então comecei a orar e pedi a confirmação de Deus. O Senhor abriu e escancarou as portas para mim. E tudo aquilo que poderia ter sido empecílio, foi tirado. E para a honra e glória Dele eu fui para o Projeto Bolívia. Tenho certeza de que, não apenas eu, mas cada um daqueles que participaram do Projeto tem uma história pra contar das dificuldades pelas quais passaram até chegar lá, das grandes bênçãos alcançadas e ainda até chegar de volta em casa. Porém em tudo o nome de Deus foi glorificado.Antes do Projeto acontecer, houve o Lançamento Oficial no SEBRAE, houve muitas Vigílias, onde o foco do nosso clamor era o povo boliviano e o Projeto como um todo.Houve ainda duas MCM (Mobilização Congregacional por Missões), onde todas as congregações se envolveram com uma imensa voluntariedade em servir, onde foi realizada uma mobilização Social, além da venda de diversos artigos, desde alimentação: frutas, verduras, etc. até peças novas e usadas de vestuário. Na parte da Ação Social houve atendimento odontológico, cabeleireiros, aferição de pressão, etc. Foi realmente uma bênção! Como é maravilhoso ver o que Deus faz quando o seu povo se une num só propósito! Finalmente chegou o grande dia da viagem, após toda a preparação: Curso de espanhol, estudos sobre a Cutura e a Reigião daquele povo, vacinação contra a febre Amarela, passagens compradas (graças à Provisão de Deus), tomamos o vôo no dia seis de janeiro, às 14:00hs. A chegada na Bolívia, mais precisamente em Cochabamba foi muito emocionante: Saber que Deus planejou e concretizou cada etapa deste processo, e queaprouve a Ele que eu fizesse parte dele. Foi simplesmente maravilhoso! A princípio senti uma sensação estranha, pois o ar que se respira ali é seco e escasso. Senti também tontura e falta de ar, mas com o passar dos dias toda aquela sensação foi passando. Tivemos um período de consagração e Treinamento antes de sair ao campo, onde Deus já começou a tratar com cada Projetista, foi muito proveitoso, em todos os sentidos. Estava ansiosa pelo contato com o povo cochabambino, ficava imaginando como seria interagir com eles, conhecer mais deles dentro do seu contexto cultural. Pois uma coisa é você conhecer por pesquisas, estudos, etc. e outra bem diferente é você estar de fato inserido na cultura de um povo. Tive a oportunidade de conhecer um pouco da culinária deles, do que eles gostam de comer. Gostei muito da Salteña, um tipo de pastel que fazem em duas versões: pouco picante (dulce) e picante (para quem aguenta bastante pimenta). Eles gostam muito de arroz, polho (frango) e papas (batata inglesa), este prato é basicamente o trivial deles. Gostam também de favas (diferentes da nossa, tem uma película mais grossa, alguns até não comiam a sua casca), gostam ainda de cabeça de frango assada,refrescos de frutas como pêssego ou amora, e ainda um refresco feito à base de cevada, canela (e mais alguns segredinhos dos quais esqueci o nome), tem ainda o Api, uma bebida não-alcoólica, à base de milho roxo, que é servida quente (lembra um pouquinho o sabor da Canjica no Sudeste e Munguzá no Nordeste). Acerca do trabalho Evangelístico, grandes foram as nossas experiências ali naquele País. Evangelizamos ali através de diversas estratégias, adaptadas justamente àquela cultura. Passamos o Filme JESUS nas ruas, Saíamos louvando com violão e Evangelizando quem passava por nós e aquelesa que estavam em frente às suas casas, o que era coisa rara por ali. Devido à sua cultura, o povo cochabambino é um povo muito muito amável, porém, extremamente reservado, e quando alguém chama à porta para falar do Evangelho, geralmente não convidam para entrar, como é costume no Brasil, até mesmo algumas classes de Discipulado tiveram que ser realizadas do lado de fora das casas, onde sentávamos em algum lugar que houvesse, mas conseguir entrar numa casa foi coisa rara. Realizamos também vários cultos numa quadra, onde o Missionário Wellington, que neste mês de Abril faz um ano que está ali naquele campo, já vinha realizando um trabalho de apoio a jovens e adolescentes através do futebol, através do qual, Deus tem alcançado muitas vidas. Realizamos Ação Social no Templo da Igreja, a qual foi inaugurada no dia treze de janeiro, no período do Projeto, e além de realizá-la no templo, também realizams em outras localidades, como na quadra e na Vila Esperança. Foi realmente maravilhoso, pois aquele povo é carente de Jesus, mas é também carente de um acompanhamento naárea da saúde (dentista, aferição de pressão, teste de glicemia, educação sobre higiene corporal e dos alimentos, etc.) o que foi feito com propriedade através da Equipe de saúde que ali se empenhou dando o seu melhor na Obra do Senhor. Não poderia deixxar de mencionar o lindo trabalho que foi realizado com as criancinhas Bolivianas, muitas delas entregaram a sua vida ao Senhor. Alguns quando veem uma criança entregando o seu coração ao Senhor Jesus não dão muito crédito, mas eu creio no que Deus nos ensina através do Sábio Rei Salomão: "Ensina a criança o caminho no qual deve andar, e ainda quando for velho, não se desviará dele." E é assim mesmo, eu entreguei a minha vida a Deus nessa fase de infância, e glória a Deus continuo firme até hoje. É claro que passei meus momentos de dificuldade em prosseguir, mas o Senhor me fortaleceu e me ergueu e me sustenta a cada dia. Na Bolívia, especialmente em Cochabamba, digo isto porque constatei com meus próprios olhos; tem muitas crianças. Os pais saem para trabalhar e fica em casa um a "escadinha" de crianças tomando conta umas das outras. E com a devida autorização dos seus pais íamos buscá-las, e as levávamos de volta para as suas casas, e vocês nem imaginam a distância queestas crianças tinham o maior prazer em andar até chegar ao local onde era pregado acerca de Jesus. As suas casas são muito distantes mesmo. Fico pensando em nós mesmos, muitas vezes a nossa igreja é tão pertinho da nossa casa, e mesmo assim não nos dispomos com alegria a ir à casa do Senhor, como dizia o Salmista Davi. Houve também a história de uma senhora aque marcou a vida dos Projetistas, a senhora Ana Rosas. Esta senhora estava vivendo sozinha, abandonada pelos familiares, vivendo de favor num depósito pertencente à uma família do local. Ela havia ouvido a pregação do Evangelho, fez a sua confissão de fé e fomos até lá para as classes de Discipulado. Constatamos então, a sua situação geral, oramos por ela e voltamos, Deus então nos conduziu a a realizarmos uma faxina geral lá, já que ela, devido à enfermidade não poderia fazer. Pedimos a sua autorização e a dos donos da casa à qual o depósito pertencia. Nesse ínterim, um filho dela que mora na Argentina, veio visitá-la e não tinha noção de como a sua mãe estava vivendo, pois quando veio de outra vez ela estava com uma pessoas da família que ainda cuidava dela. Ele lamentou o modo como a encontrou. E quando viu a Equipe do Projeto chegando para fazer toda a limpeza, ele ficou admirado, e disse: "Muito obrigado por estarem se preocupando com a minha mãe, pois ela esteve assim por muito tempo, e falou pra mim que muitos religiosos, e pessoas de algumas seitas haviam passado por la e visto a sua situação, mas apenas olhavam e iam embora, sem nada fazer. Mas vocês mostraram que realmente são cristãos." Ele ficou muito emocionado, até chorou. Na verdade é isto que o Senhor quer que façamos, devemos enxergar o homem como um todo; e não apenas "uma alma a ser salva" ou "um coração", mas como um ser completo, que precisa sentir a salvação atuar em sua vida no hoje, no agora, modificando até mesmo a sua realidade social. Não estou falando de chegarmos perto de alguém pobre e torná-la rica de uma hora pra outra; mas estou falando de que, enquanto estiver ao nosso alcance melhorar as condições físicas, espirituais e sociais de uma pessoa, devemos buscar isso com todas as nossas forças, pois é nisto que consiste o verdadeiro cristianismo. As boas obras não salvam ninguém, mas é impresacindível que o salvo evidencie as boas obras. Voltando a falar da senhora Ana Rosas, o resultado é que o seu filho resolveu então, levá-la com ele, para cuidar dela na Argentina. Fomos então à sua casa no dia da viagem onde realizamos um momento devocional de gratidão a Deus por tudo quanto estava realizando na vida dela. Toda a vizinhança ficou sabendo do que acontecera a senhora Ana Rosas e o nosso testemunho foi conhecido ali, para a honra e glória do Senhor. Não falamos para ninguém acerca dela, nem acerca do que esatávamos fazendo na sua casa, em seu favor, mas creio que foi o próprio filho dela e os donos da casa que falaram com alguém, e assim o fato tornou-se conhecido ali.

Finalizando este relatório do que foi o Projeto Bolívia, reafirmo aqui, que não há coisa melhor do que você saber que Deus contou com você para a realização da sua Obra, diz a Bíblia que até os anjos desejaram ter estaMissão; mas Ele preferiu contar conosco como instrumentos para que o Seu Evangelho chegasse a outras pessoas, povos e Nações. "Agindo Ele, quem impedirá?"


Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei? E quem há de ir por nós?

Depois disso, ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei? E quem há de ir por nós?
Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim." (Is 6.8)

Marcadores do Blog. Clique e leia os Artigos relacionados a cada tema.

A Bíblia para os povos A Missão da Igreja Ação Social da Igreja AMME Evangelizar Aplicativos para celular Aplicativos para Smartphone Aplicativos para Tablet Apoio aos Missionários sertanejos Campo Missionário Transcultural Carta Missionária comodismo compaixão compaixão pelas almas compaixão significado compromisso com Deus Congressos cristãos perseguidos Cuidado pastoral do Missionário Cultura da Bolívia cultura e práticas diabólicas Curiosidades Bíblicas Curso de Missões Urbanas definição de compaixão Dia da Bíblia Dia da Igreja perseguida Discipulado DNA Missions DOM- Departamento de Orientação Missionária Download de Slide de Missões é preciso olhar como Deus olha entrevista Equipe WDA Estados Unidos Eritreia Estratégias de Evangelismo etnocentrismo. Evangelho Evangelho de Jesus Evangelho Integral Evangelismo evangelização evangelização no Brasil Feliz Natal Compaixão pelas almas Ficha de apadrinhamento do Projeto Nova Vida fidelidade na pregação fidelidade no ministério frieza espiritual Gincana Missionária Guiné- Bissau Igreja Igreja e Missões Igreja local e missões Igreja Missionária Igreja perseguida imagens do Projeto Bolívia Informação Intercessão Missionária Investimento em Missões Janela 10X40 Jogral Jogral de Missões Jogral de Natal Jogral para Culto de Missões Jogral sobre a Volta de Jesus Cristo Kit Gay Lei da Mordaça Leis que tramitam no Congresso contra a igreja Levantamento de Recursos para Missões Liberdade de expressão da Igreja mantenedores de Missões Miss. Adriana Urban Missão da Igreja Missão e humildade Missão Integral Missio Blogs Missionária Missionária Tatiana Moura Missionários Missões Missões entre o povo Konkombas Missões entre os índios Missões na África Missões na Bolívia Missões na Espanha Missões no Brasil Missões no País de Gales Missões no Rio Grande do Norte Missões no sertão Missões no Sul da Espanha Missões Transculturais Missões Urbanas Natal New Life Project in Bolivia Notícias do Campo missionário na Bolívia Notícias do Campo Missionário na Espanha Notícias do Campo na Bolívia Notícias Missionárias Notícias Missionárias do Uzbequistão O crescimento do Islamismo no mundo O Evangelho contextualizado o que é compaixão? o que é sincretismo o retorno ao Evangelho da Cruz Obra Missionária omissão Oração e ação Oração e Missões Padre se converte ao Evangelho na cidade de Sousa Países onde há perseguição aos cristãos Pastor Zapatta perfil Missionário PL 122/2006 Portas Abertas Pr. Ronaldo Lidório Pr. Sidney Xaxá Pregação Projeto África Projeto Bolívia Projeto Bolívia 2010 Projeto de Lei de Marta Suplicy Projeto Janela 10/40 Projeto Missionário Projeto Missionário Transcultural Projeto Nova Vida Projeto Nova Vida na Bolívia Proyecto Nueva vida recursos para conferência missionária recursos para culto de missões Recursos para Missões reflexão missionária Reflexões sobre Missões Reflexões sobre o Natal Responsabilidade social da Igreja Ronaldo Lidório segmentos menos evangelizados sincretismo sincretismo afro-brasileiro Slide de Missões sobre o Brasil Slide de Missões-Brasil Slides de Missões soldado de Cristo STEC João Pessoa testemunho cristão Trabalho evangelístico com jovens adolescentes e crianças Tradução da Bíblia Tribos Urbanas verdadeiro Evangelho de Jesus Vídeo Aline Barros Vem que está chegando o Natal Vídeo sobre o Crescimento do Islamismo no mundo ocidental Vídeo Voices Natal VINACC Visão Nacional da Consciência cristã Visão 2025 Visão Missionária visto para missionário Zapatta Piura-Perú